21 DIAS PARA SE RECONECTAR COM A POTÊNCIA DO PARTO

De toda a minha experiência nestes 6 anos como doula, tendo o privilégio de assistir mais de 100 mulheres em trabalho de parto, surgiu essa jornada: Parir Sorrindo – 21 dias para se reconectar com a potência do parto.

Por que parir sorrindo? Porque parir não se resume a medo, insegurança e sofrimento. Parir é uma experiência de expansão da alma para que nela possa caber mais amor, parir é uma vivência de reconexão com as fontes inalteráveis da alegria de estar viva e de ser canal para a vida, parir é a expressão máxima da força de continuidade da vida, parir faz parte do mistério de existir. Aposto que neste instante, você já está sorrindo.

É sobre isso, é sobre resgatar esse sorriso.

E por que 21 dias? Existe uma teoria baseada em estudos científicos que diz que um ser humano precisa de, pelo menos, 21 dias constantes para mudar um hábito. Mas Jéssica, como eu posso ter um hábito em relação ao parto se você mesma diz que esta é uma experiência desconhecida e única?

Este é um ponto importantíssimo sobre o qual você precisa ter consciência antes de começar qualquer tipo de preparação para o parto: o parto é uma continuidade da sua vida, uma continuidade de quem você é, portanto, ele não vai acontecer diferente do que você é no seu dia-a-dia.

Até hoje nos fizeram acreditar que o parto é um fardo que precisamos fugir. Você não precisa mais fugir, nem resistir, nem negar. Simplesmente entrega. Você tem tudo que precisa para parir seu bebê sorrindo!

Parir Sorrindo: 21 dias para se reconectar com a potência do parto

Faça sua Inscrição

Roteiro da nossa aventura de metamorfose:

Onde estou pisando? Um panorama sobre a realidade osbtétrica

Parto é crença. Quais são as suas?

Mitos do parto normal. Rumo a uma nova mitologia

Moda ou evolução? Parto humanizado

Juntas somos mais fortes. A rede de apoio

Ponto de mutação. O papel do acompanhante no trabalho de parto

Intenções de parto. Para além do plano

Parto como evento biopsicosocial espiritual

Rendição ao corpo. A preparação física

Observando as emoções. A preparação emocional

 

Perfeição da natureza. A fisiologia do parto
Anunciação. Os pródromos

A face oculta. Latência

Agora vem. Atividade
O encontro. Expulsão
Ainda não acabou. Dequitação da placenta
Sensações do parto. Alívios não farmacológicos
Sensações do parto. Analgesia
Convite para o início. Indução
A cesárea como caminho de liberdade. Indicações absolutas

A cesárea como um caminho possível. Cesariana intraparto

Jéssica Scipioni

Sou uma mulher em processo de descoberta e criação de si mesma, uma mulher que caminha ao lado de outras mulheres ajudando-as a desvendar as facetas do seu feminino único e particular através dos saberes inerentes ao corpo e da ginecologia natural, é uma pessoa que consciente da missão de ser doula se coloca a serviço da vida!